HORÁRIO DE ATENDIMENTO SEG À SEX:
DAS 9H ÀS 17H
Sindicato dos Bancários de Paranaguá

Bradesco fecha agências em MG e preocupa aposentados e clientes

04/03/2024
/
768 Visualizações

O Bradesco, uma das instituições financeiras mais importantes do Brasil, tem sido alvo de preocupações e críticas devido ao fechamento de algumas de suas agências em Minas Gerais. - foto Paulinho Costa feebpr -

Das 101 agências que o Bradesco tinha em Minas Gerais, 21 foram encerradas em 2023, restando 80. Na capital Belo Horizonte, o início do ano contava com 64 agências, porém, 13 já foram fechadas nos últimos meses, restando 51. No interior, o número de agências passou de 37 para 29.

Impacto na vida dos aposentados e trabalhadores
Além de impactar a vida dos clientes bancários, o fechamento de agências afeta diretamente os aposentados e trabalhadores que utilizam o Bradesco. Cerca de 20 mil beneficiários precisam realizar recadastramento presencialmente para garantir a continuidade do recebimento de seus benefícios.

Comunicado oficial do Bradesco
O Bradesco emitiu um comunicado oficial explicando as mudanças. Segundo a instituição, 98% das operações são feitas por canais digitais. Assim, algumas agências estão passando por adequações de tamanho e outras estão sendo unificadas com unidades próximas. Ainda, destacam que estão disponíveis mais de 40 mil pontos de atendimento da rede Bradesco Expresso, com horário ampliado e canais digitais.

Apesar dessas explicações por parte do banco, a situação tem causado preocupação entre os clientes que dependem do atendimento presencial, sobretudo aposentados e trabalhadores.

Essa série de fechamentos em Minas Gerais faz parte de um plano de reestruturação que está sendo implementado pelo Bradesco, em meio a um cenário cada vez mais digitalizado no setor bancário. No entanto, é importante lembrar que, apesar da crescente digitalização, ainda há uma parcela da população que depende do atendimento presencial, seja por falta de acesso à tecnologia ou por preferência pessoal.

A situação dos trabalhadores
O fechamento das agências também tem causado apreensão entre os trabalhadores do setor, que se veem na iminência de perderem seus empregos. Muitos já foram demitidos das agências que foram fechadas.

Embora o Bradesco tenha reforçado no comunicado que os clientes continuarão tendo os mesmos serviços disponíveis, o cenário para os trabalhadores do banco e para aqueles que dependem do atendimento presencial permanece incerto. (Fonte: BM&C News)

Notícias FEEB PR

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS