HORÁRIO DE ATENDIMENTO SEG À SEX:
DAS 9H ÀS 17H
Sindicato dos Bancários de Paranaguá

Santander usa até a “sexta-feira 13” para assediar bancários

16/10/2023
/
509 Visualizações

O Santander divulgou um vídeo institucional para sua rede de agências escancarando a prática de assédio moral. Na peça, o banco associa a “sexta-feira 13”, conhecida como um dia de azar, à possibilidade de bater metas de seguros, cartões, crédito consignado, consórcio, etc. Segundo o vídeo, o dia só será de azar para quem “não aproveitar para ganhar comissão em dobro nestes produtos”.

“Já cobramos o banco para que reoriente os gestores e retire esse vídeo do aplicativo”, diz Wanessa Queiroz, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander.

Ela destaca que no Acordo Coletivo de Trabalho aditivo do banco há uma cláusula de relações laborais que orienta os gestores sobre as boas práticas. “O Santander deve seguir as boas práticas indicadas no acordo, e impedir que seus gestores aproveitem a ponte de feriado para pressionar ainda mais os funcionários. Nós repudiamos qualquer política, qualquer comunicado, qualquer orientação que indique prática de assédio moral!”

A dirigente ressalta que a categoria é uma das que mais sofre com as cobranças de metas abusivas. “Isso tem impactado diretamente na saúde dos trabalhadores, com adoecimento físico e mental.”

Isso foi comprovado com os dados da última Consulta Nacional, realizada entre julho e agosto deste ano, em que 40% dos participantes disseram ter feito uso de remédios controlados nos últimos 12 meses.

Wanessa informa que no próximo dia 26 está agendada uma reunião com o departamento de Relações Sindicais do Santander para discutir assédio moral e pressão por metas. “Os trabalhadores que sofrerem assédio moral, devem procurar os canais de denúncias do Sindicato. Assédio moral é crime e gera adoecimento”, alertou. (Fonte: Seeb SP)

Notícias FEEB PR

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS