HORÁRIO DE ATENDIMENTO SEG À SEX:
DAS 9H ÀS 17H
Sindicato dos Bancários de Paranaguá

Financiários aprovam proposta e CCT é renovada por dois anos

14/10/2022
/
494 Visualizações

Mesa de negociação

Com mais de 80% dos votos, os financiários da base do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região aprovaram a proposta da Fenacrefi na assembleia virtual desta segunda-feira 10. Com isso, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria foi renovada por dois anos (a validade é 1° de junho de 2022 a 31 de maio de 2024). A CCT foi assinada na tarde desta terça-feira 11, na sede da Fenacrefi, em São Paulo.

A proposta aprovada prevê para 2022: reajuste de 9% nos salários e nas cláusulas econômicas e reajuste de 12% nos vales alimentação e refeição, além de reajuste de 11,9% nos valores fixos, teto e parcela adicional da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e vale abono alimentação de R$ 800,00. As diferenças salariais retroativas a 1º de junho (data-base dos financiários) deverão ser pagas até a folha de outubro de 2022; e a 13ª cesta alimentação e o abono alimentação serão creditados até 30 de novembro.

Para 2023, a proposta garante reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) + 0,3% de aumento real (exceto para PLR, que será reajustada somente pelo INPC do período). Também serão mantidas por dois anos todas as cláusulas sociais já previstas na CCT anterior.


Uma conquista importante na Campanha deste ano foi a criação de grupos de trabalho bipartites (ou seja, com representantes dos trabalhadores e das financeiras) para discussão de temas relevantes para a categoria, como a organização do ramo financeiro, a participação nos lucros e resultados, a regulamentação do teletrabalho, entre outros assuntos.

Veja a proposta completa:


Campanha vitoriosa
“Foi uma campanha dura, com negociações que se estenderam por quase três meses e propostas rebaixadas das financeiras. Até que conseguimos uma proposta digna da Fenacrefi. Fechamos mais uma campanha vitoriosa, que garantiu reajuste decente para os financiários e a manutenção de todos os direitos previstos na CCT anterior. Diante da atual conjuntura que atravessamos no país, com ataques aos direitos dos trabalhadores, podemos dizer que tivemos uma campanha vitoriosa”, avalia o coordenador do Coletivo dos Financiários, Jair Alves.

Na assembleia desta segunda, os financiários também aprovaram a contribuição negocial, que corresponde a um desconto de 1,5% sobre salário e PLR. “Toda campanha salarial se faz com mobilização e luta, e os sindicatos precisam ter recursos para isso. A contribuição negocial cumpre a função de ajudar na manutenção dessa estrutura necessária para que os sindicatos possam atuar na defesa da categoria”, destaca o dirigente. (Fonte: Seeb SP)

Notícias Feeb/PR

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS