HORÁRIO DE ATENDIMENTO SEG À SEX:
DAS 9H ÀS 17H
Sindicato dos Bancários de Paranaguá

Santander fechou centenas de agências nos últimos anos, demitiu e terceirizou

18/04/2023
/
1321 Visualizações

De 2019 a 2022 o banco espanhol Santander encerrou 627 agências. Na leva foram-se postos de trabalho onde o grupo espanhol mais lucra, no Brasil (Por Fabiano Couto) - foto Seeb Santos-SP - 

Entre o quarto trimestre de 2019 e o quarto trimestre de 2022 o Santander fechou 627 agências e 244 postos de atendimento bancários. Somente entre 2021 e 2022 foram fechadas 286 agências e 118 PABs. Neste mesmo período, o banco abriu apenas 56 postos de trabalho. Os números são das demonstrações financeiras do Santander.

Importante ressaltar que o número de vagas abertas inclui também as empresas do conglomerado Santander: a F1RST, a SX Negócios e a SX Tools, criadas para terceirizar força de trabalho e retirar trabalhadores da categoria bancária a fim de reduzir salários, e fragmentar e fragilizar a organização sindical dos trabalhadores.

“A diretoria do Sindicato de Santos e o movimento sindical continua na luta por mais contratações a fim de contribuir com a redução do desemprego, para diminuir o acúmulo funções, a sobrecarga de trabalho e os adoecimentos na categoria”, ressalta Fabiano Couto, secretário de Comunicação do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e bancário do Santander.

Brasil mantém posto de maior gerador de resultados do Grupo Santander
O Brasil manteve o posto de maior gerador de resultados do Grupo Santander no terceiro trimestre de 2022. No período, o lucro líquido atribuído ao Grupo da operação brasileira foi de 662 milhões de euros, de acordo com balanço publicado em outubro do ano passado. No mundo, o Santander teve resultado de 2,422 bilhões de euros, 3% maior que o do segundo trimestre. (Fonte: com Seeb Santos)

Notícias Feeb/PR

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS